Novas curvas de crescimento

Segundo «O Público», finalmente Portugal vai adoptar novas curvas de crescimento para bebés e crianças. Desde a década de 70 que nos regíamos pelos famigerados «percentis» norte-americanos mesmo sabendo que as curvas resultavam de uma amostra limitada a bebés alimentados com fórmulas lácteas excluindo os ealimentados exclusivamente com leite materno.

Não me parece que será desta que vamos deixar de ouvir o «tadinho, está no percentil 25, precisa comer mais» (para isso era preciso dar noções elementares de estatística e espírito crítico a uma Nação) mas pelo menos alivia-se a pressão para dar «o suplemento».

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *